Há alguns assuntos que estão no radar dos eleitores e, portanto, podem ser explorados pelos candidatos que seguem para o segundo turno do pleito de 2014. Um dos temas sensíveis à população é o da descriminalização da maconha. Segundo uma pesquisa da Hello Research, 47% das pessoas são totalmente contra; 11%, parcialmente contra; 12%, nem a favor, nem contra; 7%, parcialmente a favor; e totalmente a favor, 20%. Outros 3% não sabem ou não quiseram opinar.

A união civil entre pessoas do mesmo sexo é mais um assunto que costuma ser bastante debatido. A pesquisa apontou que 39% da população são totalmente contra e 10% parcialmente contra, enquanto 11% são parcialmente a favor e 17%, totalmente a favor. Os brasileiros encontram-se divididos quando a questão são as cotas para afrodescendentes e étnicas em universidades públicas: 32% são contra e 38% a favor.

Em relação às práticas governamentais e ao papel do estado na economia, 62% dos entrevistados acreditam que a infraestrutura deve ser uma prioridade nos investimentos. Segundo a população, outras questões que devem receber atenção no país são a inflação (89%), a saúde (89%), a violência e a criminalidade (76%), o desemprego (64%), a educação (59%), a corrupção (24%), a pobreza/ desigualdade social (18%) e a habitação (8%).

Envie seu Comentário ;)

comentários