No aniversário da Google fazemos, uma viagem às origens do motor de busca

0
1734
Want create site? With Free visual composer you can do it easy.

Vinte e sete de setembro é dia de aniversário da Google (18 anos, em 2016) e a efeméride é assinalada com um doodle festivo. O maior motor de busca do mundo, criado por Larry Page e Sergey Brin, atingiu a maioridade e há muitos anos que deixou de ser apenas um motor de busca.

googles-18th-birthday-5661535679545344-hp2x

Nesta terça-feira, a Google assinala o 18.º aniversário, ainda que o domínio google.com tenha sido registado no dia 7 de setembro. Aliás, a data de fundação e celebrações do aniversário tem suscitado confusões, mas desde 2006 que os parabéns são cantados a 27 de setembro. Essa é a data oficial, em que o Google celebra o aniversário.

E o que faz a Google para assinalar efemérides? Doodles, as mágicas criações que são imagem de marca do motor de busca.

Mas é muito redutor chamar ‘motor de busca’ à Google. ‘Gigante da Internet’ assenta melhor nesta grande empresa, que ao longo destes 18 anos se foi reinventando, chegando mais além.
Voltemos às origens. No dia 4 de setembro de 1998, Larry Page e Sergey Brin, dois estudantes da Universidade Stanford, (os ‘Google Guys’) criam aquele que viria a tornar-se no maior motor de busca do mundo, que se transformou numa empresa multinacional de serviços online e software.

Com a missão de “organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil”, nasceu, a 4 de setembro de 1998, a Google Inc. O nome deriva de “Googol”, termo da matemática que designa um número 1 seguido de 100 zeros.
A empresa fundada por Larry Page e Sergey Brin, dois estudantes da Universidade Stanford, tinha como slogan “Don’t Be Evil” [Não Sejas Mau], criado pelo engenheiro Paul Buchheit.
E a simplicidade do conceito contrasta com a multiplicidade de serviços e soluções que o gigante da Internet foi desenvolvendo, ao longo dos anos.
Os primeiros anos da Google foram marcados por um rápido crescimento, que transformou o simples motor de busca numa cadeia de produtos, desde software online, a serviços de e-mail (Gmail), plataformas de anúncios, ou a ferramentas de redes sociais, como a Google+ e o descontinuado Google Buzz, passando pelo navegador Google Chrome, o programa de edição de fotografias Picasa, entre muitos outros.
O gigante que Larry Page e Sergey Brin criaram colocou-se numa posição de liderança do sistema operativo para smartphones Android, o que representa uma peça importante neste puzzle de soluções de Internet.
Os números da Google – que tem sede em Mountain View, no estado da Califórnia – são impressionantes: é executado com um milhão de servidores em data centers de todo o mundo. O motor de busca processa mais de mil milhões de pedidos de pesquisa por dia e gera vinte petabytes de dados, também diariamente.

Esta posição de domínio no mercado suscita críticas, relacionadas com a privacidade, direitos autorais e censura.

No entanto, a verdade é que o projeto que Page e Brin lançaram, em 1996, no doutoramento na Stanford University, Califórnia, e que nasceu a 4 de setembro de 1998, é hoje uma das maiores marcas do planeta.
Este processo de criação da Google atravessou diversas datas, daí que nos primeiros anos o aniversário fosse celebrado noutros dias, sempre em setembro.
Desde 2006, o aniversário da Google é celebrado no dia 27 de setembro. E em 2016 o gigante chega à maioridade, sublinhada com um doodle.

O que é um doodle?
No maior motor de busca do mundo, diariamente surgem novos ‘doodles’, que não são mais do que esboços, desenhos, caricaturas ou aplicações interativas que, através da imagem, recordam factos ou pessoas.
Mas a expressão ‘doodle’ não foi criada pela Google (apesar da semelhança do vocábulo, em termos de grafia e fonética). Doodles são desenhos ou esboços, feitos quando uma pessoa pretende distrair-se, ou ocupar algum tempo livre.
Normalmente, encontram-se em cadernos escolares e são de autoria de alunos pouco interessados na aula. Podem ser caricaturas de professores, de alunos, de famosos ou até personagens de banda desenhada. Podem ser formas geométricas ou animações.

Etimologicamente, a palavra ‘doodle’ tem duas origens: americana e britânica. Os americanos utilizam-na desde o século XVII, para chamar “tolo” ou “simplório”, como variante da palavra alemã “Dödel”.

Já a origem inglesa reporta-se à Guerra Revolucionária Americana, quando as tropas coloniais britânicas cantavam “Yankee Doodle”. Aqui, ‘doodle’ tinha uma significado pejorativo e significa “fazer de tolo”.

Mais tarde, a partir de 1930, a expressão alterou o sentido e passou a estar relacionada com “ócio”, o que vem de encontro aos criativos desenhos durante uma aula, ou mesmo ao modo original que a Google encontrou para assinalar datas e homenagear pessoas.

É curioso como o aniversário da Google nos conduz por uma viagem por conceitos perdidos no tempo. O futuro e o passado cruzam-se, neste presente. E hoje é dia de celebrar a Google.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Envie seu Comentário ;)

comentários

SEM COMENTÁRIOS